Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios



Segunda-feira, 04.02.13

Búzios inteiro pode se tornar uma APA se quiser



A especulação imobiliária é um personagem "que se esconde nos corredores da Prefeitura e da Câmara de Vereadores e está pronta para matar" a nossa galinha dos ovos de ouro..."Este maquiavélico personagem vem sob a forma de uma raposa, animal exótico em Búzios, que suga os ovos e as laranjas e depois joga as cascas e os bagaços fora, partindo em busca de outros galinheiros e pomares para explorar..." A especulação imobiliária "já mostrou os seus efeitos devastadores no feio bairro do Canto Direiro de Geribá e nos municípios vizinhos (Arraial do Cabo, Araruama e outros municípios),..."Sempre prontos para auferir gordos lucros às custas da economia das cidades e do meio ambiente , os gananciosos especuladores , vêm com suas construtoras e imobiliárias, sem pedir passagem arrasando tudo tal qual o furacão Katrina". (Helena Oestreich, Jornal Primeira Hora, 22/09/2005).

Nada mais atual este alerta feito pela arquiteta Helena Oestreich em 2005. Precisamos nos mobilizar para barrar os planos da especulação imobiliária em Búzios. Temos hoje com mandato no Legislativo buziano vários vereadores que votaram favoravelmente às leis (Lei 17 e Lei 20) dos pombais (casas geminadas). Acompanhamos a interferência aberta dos representantes da especulação imobiliária de Búzios na eleição do presidente da Câmara de Búzios para o biênio 2013-2014. E fala-se muito atualmente em mudança de gabarito acabando com a Lei dos dois andares na Cidade. A rica e frágil biodiversidade de Búzios não resistirá a esses ataques. 

Precisamos retomar a luta para tornar Búzios inteiro uma APA criando a APA de Búzios. Em 1991, o Movimento Viva Búzios apresentou, na Câmara dos Deputados, o projeto de lei n° 1.610/91, acompanhado de um abaixo-assinado com 3.941 assinaturas, propondo a criação da APA, abrangendo toda a Península mais as ilhas Feia, Âncora, Gravatás, Emerências e Branca, num total de 102 km². Em agosto de 1991, o projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Mérito, mas na Comissão de Constituição e Justiça a especulação imobiliária de Búzios atacou pesado, paralisando o que seria a redenção de Búzios" (Gabriel Gialluisi, Jornal Armação dos Búzios, 18/10/2003). 

A criação da APA de Búzios é a única salvação de Búzios. Se a maioria da população assim o quiser não tem quem impeça tornar a APA realidade. Afinal, nosso Plano Diretor estabelece que Búzios é Cidade "referência" em meio ambiente. Não há melhor referência do que apresentá-la para o mundo e para os brasileiros como um imensa APA.

Observação: a frase título da postagem reproduz declaração do arquiteto Beto Bloch em entrevista ao jornal de Búzios de 15/08/2003. Nela, Beto afirma que as ZCVS, no caso de Búzios virar APA , "seriam as áreas mais preservadas, porque seriam apenas 3 por cento de ocupação (posteriormente ataxa foi ampliada para 6%). O que não é uma desapropriação mas um limite de ocupação, e todas elas teriam um estudo de aonde pode ser feita essa ocupação. Nossa primeira Lei do Uso do Solo já era uma visão de Búzios como uma APA, um zoneamento bem detalhado: previa corredores de vegetação e interligações entre as ZCVS , o que hoje não existe"         


Comentário:

Nicole Ballona d'Alincourt4 de fevereiro de 2013 17:23
Gostei muito da lembrança Luiz, estes depoimentos são muito importantes, vamos fazer uma petição já, uhuhuhuhu!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 13:22

Sexta-feira, 01.02.13

Caxias e Búzios: tudo a ver!


"A Justiça Federal concedeu liminar determinando o bloqueio e o sequestro dos bens do ex-prefeito de Duque de Caxias (RJ), José Camilo Zito dos Santos Filho, e de 24 acusados de envolvimento em um esquema de corrupção que teria desviado mais de R$ 700 milhoes da saúde no município".

Em Búzios, também tivemos o ex-prefeito Toninho Branco (2005-2008) e mais 9 acusados de envolvimento em um suposto esquema de corrupção que teria desviado dinheiro da saúde do município. Calcula-se que o desvio na Cidade teria chegado a R$ 13 milhões.    

Em Caxias, "estariam envolvidas duas organizações da sociedade civil de interesse público (Oscip), a AssociaçãoMarca e o IGEPP (ou Instituto Informare), acusadas de participar do esquemafraudulento".

Em Búzios,  três organizações são acusadas: Instituto Mens Sana de Gestão e Suporte Institucional, Instituto Nacional de Desenvolvimento de Políticas Públicas (INPP) e a Organização Nacional de Estudos e Projetos (ONEP).

De acordo com as ações movidas pelo MPF e MPRJ em Caxias e pelo MPE em Búzios, baseado em Tomada de Contas Especial do TCE-RJ, "os convêniosfirmados com as entidades foram superfaturados, sem qualquer mecanismo decontrole e fiscalização dos serviços prestados e dos recursos pagos, além denão ter havido processos seletivos regulares".


Não há apenas semelhanças no modus operandi na Saúde municipal. Há semelhanças também nas práticas políticas. O PSDB de Caxias nao estava muito distante ideologicamente do PDT de Buzios, tanto que nao teve dificuldade em indicar o vice de Mirinho. Para mostrar que as afinidades políticas eram grandes, Zito chegou a prestigiar Mirinho comparecendo à Convenção do PSDB de Búzios. Veja abaixo a foto da Convenção. 

Convenção do PSDB, JPH, 8/4/2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 16:55

Sexta-feira, 01.02.13

Operação fecha 11 estabelecimentos na Região dos Lagos

Uma operação coordenada pelo Corpo de Bombeiros de Cabo Frio, com o apoio da Polícia Militar, fechou 11 estabelecimentos de lazer da Região dos Lagos ontem (30). Segundo os militares, todos apresentavam irregularidades que desrepeitavam os padrões mínimos de segurança. A maioria deles ficam em Armação dos Búzios e Cabo Frio. Outros dois estebelecimentos receberam notificações por descuprirem alguma medida de segurança obrigatória. Boates em São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo também passaram por vistoria.

Em Búzios, os bombeiros fecharam cinco estabelecimentos, entre eles a boate Pacha e o Anexo Bar, dois dos mais conhecidos espaços da vida noturna na cidade. Além destes, foram interditados o bar do ‘Búzios Esporte Club’, o ‘Sport Point e Restaurante’ e o ‘Radical Parque’, local que reúne atividades radicais ao ar livre.

Segundo o comandante do 18º GBM (Cabo Frio), tenente-coronel Rodrigo Bastos, estas e as outras três casas tinham irregularidades como ausência de rotas de fuga, saídas de emergência obstruídas, falta de sinalizações ou placas mal posicionadas, documentação pendente ou vencida, ou ainda por não possuírem sistema de prevenção de incêndio. Outra importante casa noturna de Búzios, a Zapata, foi notificada.

“Foi dado um prazo para que as casas notificadas se adaptem às medidas de segurança. Se não forem feitas as mudanças necessárias, elas também serão fechadas”, afirmou o comandante, acrescentando que a fiscalização continua até que todos os bares e casas noturnas sejam vistoriados.

A prefeitura de Búzios disse que não participou da operação, mas está fazendo uma varredura nos documentos de bares e casas noturnas da cidade para apurar possíveis irregularidades, e na semana que vem fará uma ação para fiscalizar os estabelecimentos.

Fonte: http://portalozknews.com.br/portal/materia/saojoaodabarra/2013/01/31/casas-de-shows-irregulares-em-sao-joao-da-barra-passarao-por-vistoria/#ixzz2Je0AMxYl

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 09:06

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728