Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios



Sábado, 10.12.11

É Phoda! 1

A Prefeitura de Búzios, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Pesca, fará realizar Concorrência Pública, "do tipo menor preço global", no dia 14 de  Dezembro de 2011, às 14:00 hs, com o objetivo de "contratação de empresa a fim de executar os serviços de phoda de árvores em todo o Município de Armação dos Búzios".

Local: Sala da Unidade de Licitação, prédio da Secretaria de Gestão, situada à Estrada da Usina Velha, 600 - Centro – Armação dos Búzios/RJ.

Estas informações constam do EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 02/11, PROCESSO: nº 007622/2011.

O nosso desgoverno estabeleceu como valor máximo da licitação o absurdo valor de R$ 1.214.400,00 (hum milhão e duzentos e quatorze mil e quatrocentos reais). O que dá o estratoférico R$ 101.200,00 por mês. Vai faltar árvore para tanto dinheiro! Não sairia mais barato a própria prefeitura fazer a phoda. Por que será que o governo do PDT terceiriza tudo? Mirinho é um neoliberal de direita como o secretário sabe-tudo-faz-nada? Brizola deve estar se revirando no túmulo!

O povo que não é bobo vive dizendo pelo Centro da cidade que quem vai ganhar é a empresa ECOPARK do amigo do prefeito, Mário Fernandes do Chez Michou. Será? Deve ser porque ela- uma empresa multifuncional- vem ganhando quase tudo na cidade, desde estacionamento até montagem de palco para mega shows. Êta empresa competente!

Este blogueiro estará lá. Vai ser a minha primeira licitação. Dizem que a primeira licitação a gente nunca esquece.

Toda população de Búzios está convocada para assistí-la. Todos os vereadores também. Todos não, só os que estão preocupados com os rumos da cidade. Todos lá.

Comentários:


Flor disse...
 
Impossível, Luiz, o cubículo que destinam para licitações é tão pequeno que não cabe nem os funcionários e muito menos o quadro que é obrigado ter. Pode ser que já tenham feito uma sala especial e que coloquem cadeiras suficientes para quem vem concorrer. A última que eu assisti foi catastrófica. Pessoas vieram de locais distantes e ficaram mais de quatro horas em pé, encostadas num balcão. A única pessoa sentada era eu, por gentileza dos participantes. Os funcionários atrasaram o processo e foi tudo muito dificil. Se encher ficarão todos no corredor. Aliás, os corredores são maiores que as salas, acredita? Será que está incluida na licitação a máquina que corta de forma lateral? As árvores ficam muito estranhas depois que ela passa. Pode comparar-se a um ser humano partido ao meio no sentido cabeça aos pés. Sem metade do rosto, ombro, braço e perna. Espero que o Meio ambiente realmente fiscalize isso e que ganhe um profissional da área e não um "amigo". Pior que não ter árvores é alejá-la. Seria bom averiguar se isto que será licitado não se enquadra na função do Gaúcho. Eu começaria a ter esperança em mudança se os vereadores cumprissem suas funções de fiscalização. (Leiam a cartilha do vereador do CGU) Gostei do trocadilho do título, hilário e pertinente. Enfim, nos encontramos lá.


Cristina Pimentel disse...  





Não tem problema se a sala é pequena, a gente fica do lado de fora. Aliás, a gente deveria chamar é a polícia. Calçadas quebradas, no Centro, Ruas sem calçadas, no Centro, uma série de prioridades, como esgoto, drenagem (as chuvas vêm aí, digo, estão aí, e 100 mil por mês pra podar árvore??? Faltam creches, neste município, falta uma casa de abrigamento para menores,em situação de risco, falta uma porrada de coisas e vêm querer phodar árvores, a esta altura do campeonato???Por que não acaba aquela casa do artesão, pra colocar a montoeira de ambulantes que está em tudo que é lado?? Chama o ladrão!!! Vamos convocar o máximo de gente que puder pra assistir a esta vergonha do governo Mirinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 15:13


2 comentários

De Flor a 10.12.2011 às 16:05

Impossível, Luiz, o cubículo que destinam para licitações é tão pequeno que não cabe nem os funcionários e muito menos o quadro que é obrigado ter.
Pode ser que já tenham feito uma sala especial e que coloquem cadeiras suficientes para quem vem concorrer.
A última que eu assisti foi catastrófica. Pessoas vieram de locais distantes e ficaram mais de quatro horas em pé, encostadas num balcão.
A única pessoa sentada era eu, por gentileza dos participantes.
Os funcionários atrasaram o processo e foi tudo muito dificil.
Se encher ficarão todos no corredor.
Aliás, os corredores são maiores que as salas, acredita?
Será que está incluida na licitação a máquina que corta de forma lateral?
As árvores ficam muito estranhas depois que ela passa. Pode comparar-se a um ser humano partido ao meio no sentido cabeça aos pés. Sem metade do rosto, ombro, braço e perna.
Espero que o Meio ambiente realmente fiscalize isso e que ganhe um profissional da área e não um "amigo".
Pior que não ter árvores é alejá-la.
Seria bom averiguar se isto que será licitado não se enquadra na função do Gaúcho.
Eu começaria a ter esperança em mudança se os vereadores cumprissem suas funções de fiscalização. (Leiam a cartilha do vereador do CGU)
Gostei do trocadilho do título, hilário e pertinente. Enfim, nos encontramos lá.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031