Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios



Sexta-feira, 05.07.13

Firmino, Mário Flávio, o INEA, a Prolagos e o Rio Una


Para justificar as transposições dos efluentes das ETEs em São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande para o rio Una o secretário-executivo do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ), Mário Flávio Moreira, trocou mensagens com o subsecretário-executivo da SEA, Luiz Firmino Martins Pereira. Dias depois o Sr. Mário Flávio entregou a quem lhe solicitasse uma série de documentos relativos às transposições. No meio deles, inadvertidamente, uma cópia das mensagens e uma planilha com informações sobre o que está acontecendo na ETE no Jardim Esperança, operada pela concessionária Prolagos.

Eis os principais trechos das mensagens.

1) De Mário Flávio para Luiz Firmino, em 25/05/2013, às 08:03 horas: "Preparei uma apresentação mostrando principalmente que os pontos de lançamento de Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia distam aproximadamente 40 e 30 km da foz. Mostro que ambos caem em afluentes do Una e serão utilizados nas áreas rurais ou absorvidos pelo solo. Mostro que saem de ETEs terciários dentro dos padrões CONAMA".
Comentário: o Sr. Mário Flávio admite que os rios para os quais as transposições seriam feitas são afluentes do Una. Mais tarde, na reunião com representantes do governo de Búzios, afirmou que os rios não mais estavam, fisicamente, ligados ao rio Una.

2) De Luiz Firmino para Mário Flávio, em 25/05/2013, às 09:27 horas: "Isso Mário. Importante frisar que o motivo para não ir para a lagoa é a água doce e não o fato de ser efluente de ETE".
Comentário: sem comentários.

3) De Luiz Firmino para Mário Flávio: "Na ETE de Jardim Esperança, entram cerca de 300.000 col/100 ml e sai com 4.000. Não é uma Mercedes, mas melhora muito a m.... que está dentro do Una".

Conclusão: em 25/05/2013 os Srs. Luiz Firmino Martins Pereira e Mário Flávio Moreira tinham conhecimento de que a ETE no Jardim Esperança lançava esgoto com altíssimos níveis de coliformes fecais no rio Una. Quer parecer que não cogitaram advertir a Prolagos para que corrigisse a situação. De fato, no 'Relatório Mensal de Operações - Sistema de Esgotamento Sanitário do Jardim Esperança - Cabo Frio", página 5 : "No mês de maio não tivemos nenhuma anormalidade na ETE que necessitasse de atuação da equipe de manutenção".

É válido inferir que o propósito das transposições é o de melhorar as condições no rio Una, sem exigir da Prolagos a melhoria do efluente da ETE no Jardim Esperança.

Ernesto Lindgren

Fonte: http://www.revistacidade.com.br/colunas/ponto-de-vista/3470-firmino-mario-flavio-a-prolagos-e-o-rio-una


Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 22:01


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031