Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios


Quarta-feira, 24.09.14

Ainda sobre a suposta crise da Construção Civil de Búzios

Ministério do Trabalho e Emprego

Já que o jornal PH- porta-voz da pequena especulação imobiliária da Península de Búzios (pombais geminados embaixo e em cima)- criticou os vereadores por não terem “feito o dever de casa satisfatoriamente” munindo-se de informações e “números consistentes” para contrapor o que foi dito pela secretária de Planejamento Alice Passeri no depoimento prestado na sessão legislativa do dia 18, recorri ao site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em busca de dados a respeito do emprego no setor da construção civil de Búzios.  

Se os vereadores de Búzios tivessem feito o mesmo talvez não protagonizassem, como assegura o jornal, um grande fiasco  na ocasião. Talvez Uriel “não entrasse e saísse calado”, Lorram “formulasse perguntas com a lição feita” e Henrique “perguntasse e conseguisse alguma coisa”. Talvez não se mostrassem tão “despreparados”.

É que o site do MTE disponibiliza uma série de dados estatísticos relativos a vários setores da atividade econômica do município. Em uma delas, denominada “CAGED ESTABELECIMENTO”, encontramos demonstrativos por períodos sobre o setor da construção civil de Búzios. Levantando esses dados dá para montar uma série histórica do estoque de emprego ao longo dos últimos 11 anos (2003- 2014).

Em 1/1/2003, primeiro ano do estudo, o setor apresentava  um estoque de 383 empregos formais. No período analisado, este estoque teve três grandes decréscimos nos anos de 2003, 2004 e 2012. Em 2004, sofreu uma diminuição de 55 empregos formais. Em 2003, redução de 52. O fenômeno econômico pode ser facilmente explicado pela decretação da moratória em 28/08/2003 pelo Prefeito Mirinho Braga, tendo em vista que o Plano Diretor estava sendo discutido pela população. Em 2005, nova queda do emprego no setor da construção civil. Perderam-se mais 14 empregos tendo em vista que o Prefeito Toninho Branco também suspende a análise e aprovação de projetos de construções. Com esse objetivo uma Lei municipal (Lei 477/2005, de 17/02/2005) é aprovada pela Câmara de Vereadores estabelecendo nova moratória da construção civil até que a revisão do Plano Diretor fosse aprovada.

Depois destas duas moratórias o setor nunca mais se recuperou. Melhor dizendo, o setor teve que abandonar a fúria construtiva de outrora por imposição da nova legislação.  Consequentemente, há uma redução drástica do estoque de empregos no setor, decrescendo de 383 em 2003 para 262 em 1/1/2006.  Com a aprovação do Plano Diretor em maio de 2006, o setor estabiliza-se. Nesse  ano apenas 2 novos postos de trabalho são criados. No ano seguinte, 2007, mais três.

Daí em diante observamos quedas em 2008 (25 empregos), 2009 (8 empregos), 2011 (2 empregos) e 2012 (43 empregos) e apenas dois momentos de incremento da atividade: 2010 e 2013. Em 2010, houve um acréscimo (5,12%) de 12 postos de trabalho no estoque inicial (1/1/2010) de 234 empregos. Mas o maior incremento recente verificou-se no ano passado na gestão da secretária Alice Passeri, justamente aquela que é acusada de ser a responsável pela crise do setor.  O estoque inicial de 201 empregos formais foi acrescido de 21 (10,4%) novos postos de trabalho, atestando que não houve crise alguma no setor durante a gestão de Alice Passeri na secretaria de Planejamento.


Neste ano, de janeiro a agosto, foram perdidos apenas dois postos de trabalho no setor, que partiu de um estoque de 222 empregos formais. O que demonstra que o setor em Búzios não vive crise alguma, muito menos “queda na atividade imobiliária” como assegura o jornal porta-voz da pequena especulação imobiliária de Armação dos Búzios. O que eles querem, na verdade, é a cabeça da secretária, para continuarem espalhando seus pombais pela Cidade inteira, como fizeram no feio canto direito de Geribá. Nessa altura do campeonato, pelo amor de Deus, vereadores!  



Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 02:04

Quinta-feira, 18.09.14

Depoimento da secretária de Planejamento de Búzios Alice Passeri na Câmara de Vereadores de Búzios

A Secretaria de Planejamento de Búzios Alice Passeri presta depoimento na Câmara de Vereadores, Sessão de 18/09/2014

Veja o áudio do depoimento na íntegra:

https://soundcloud.com/professorluiz/secretaria-de-planejamento-de-buzios-alice-passeri-na-camara-de-vereadores

Comentários no Facebook:


Ricardo Guterres Podiam ter servido bolinhos e guaraná.....



Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 23:38

Quinta-feira, 18.09.14

Em defesa do Plano Diretor de Búzios

A Secretaria de Planejamento de Búzios Alice Passeri presta depoimento na Câmara de Vereadores, Sessão de 18/09/2014

Vejam o vídeo com trecho de seu depoimento:



Meu comentário :

Alice Passeri e equipe é o que temos de melhor no Governo André. Reproduzo aqui trecho do depoimento apaixonado da secretária em defesa do nosso Plano Diretor no momento em que a especulação imobiliária de Búzios se movimenta para criar um ambiente propício ao reexame de nossas leis edilícias e do nosso Plano Diretor. A sua convocação para prestar esclarecimentos sobre as ações implementadas em sua pasta faz parte desta estratégia. É importante registrar que três vereadores eleitos na atual Legislatura votaram em 2009 a favor da manutenção da famigerada Lei 20 ("Lei dos Pombais "): Leandro, Genilson e Lorram. O interesse era tanto que Mirinho-  prefeito Rei dos Condomínio- vetou a revogação da Lei. A Câmara de Vereadores se viu obrigada a derrubar o veto. Dos vereadores atuais, votaram pela derrubada do veto do Prefeito: Felipe Lopes, Joice e Messias.

Um dos maiores representantes na Península da pequena especulação imobiliária (defensor dos "Pombais"), o ex-todo-Poderoso do ex-governo do ex-Prefeito Rei dos Condomínios, em seu ex-jornal, chegou ao cúmulo de defender que se faz necessário "revisar o preconceito que se tem sobre o adensamento (grifo nosso) e reformatar o conceito que se tem de condomínio " (JPH, 2014/05/09, página 3).     

Comentários no Facebook:


  • Ricardo Guterres Não tem nada a ver com plano diretor.....o problema é o excesso de burocracia e exigências estúpidas e desnecessárias do planejamento, das finanças e do meio ambiente...que faz um processo tramitar por vários meses quando se tem sorte......

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 21:38

Sábado, 19.07.14

Desemprego em Búzios

Logo do site do Ministério do Trabalho

No primeiro semestre deste ano a economia buziana perdeu 499 empregos formais, seguindo a tendência de queda da Região dos Lagos. A Região termina o período com menos 156 empregos (menos 108 em Arraial do Cabo, 97 em Cabo Frio e 65 em Iguaba Grande), contrariamente ao movimento da economia estadual e nacional. O Estado do Rio de Janeiro termina o semestre com um saldo positivo de 25.193 empregos, enquanto o país, fecha o período com 493.118 de saldo.  

Os setores da economia buziana que mais contribuíram para o saldo negativo foram "serviços" com 312 empregos a menos e o "comércio" com 190. Diferentemente do que afirma a especulação imobiliária não há crise alguma no setor da construção civil buziana. O número de admissões e desligamentos do setor permaneceu praticamente constante no período. Frise-se que estamos falando de empregos formais. Se na formalidade não existe crise, muito menos existirá na informalidade que impera no setor. 

O que a especulação pretende com o chororô é fazer terror com uma suposta crise do setor para forçar a queda da secretária de Planejamento Alice Passeri. Com a secretária fora da pasta, as raposas da especulação imobiliária pretendem abrir caminho para continuar auferindo grandes lucros com construções irregulares, como sempre fizeram nos governos passados. Já andam frequentando os corredores da Câmara de Vereadores com este objetivo.

Alice é uma árdua defensora do nosso Plano Diretor e de nossas leis edilícias. O governo André precisa resistir às pressões da especulação imobiliária e mantê-la no cargo. Esta será a grande diferença entre o seu governo e os anteriores.    

Fonte: http://bi.mte.gov.br/bgcaged/caged_perfil_municipio/index.php


Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 22:36

Sexta-feira, 16.08.13

Incêndio atinge casa de secretária municipal em Búzios


Durante incêndio não havia ninguém na casa; imóvel fica em condomínio.

Fogo destruiu metade do imóvel; laudo vai dizer se incêndio foi criminoso.

A casa da secretária de Planejamento da cidade de Aramação dos Búzios, no RJ, Maria Alice Passeri, foi destruída parcialmente por um incêndio que atingiu o imóvel na manhã desta quinta-feira (15). A residência fica no Condomínio Porto Belo, no bairro Manguinhos. Na hora do incêndio não havia ninguém na casa.

A secretária, que trabalha contra construções irregulares na cidade, disse que vai aguardar o laudo para saber se o incêndio foi criminoso. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo destruiu metade da casa.


Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 09:32

Quinta-feira, 15.08.13

Casa da secretária de Planejamento de Búzios pega fogo

Ontem, recebi a informação de que a casa da secretária de planejamento pegou fogo. A sala teria ficado totalmente destruída, o que teria provocado, como consequência,  o desabamento do teto. Não se sabe ainda se o incêndio foi acidental ou criminoso. Lamentamos muito o ocorrido e esperamos que o fato não tenha nada a ver com a atuação firme e responsável da secretária no cumprimento da legislação urbanística da Cidade. Búzios não merece isso!


Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 07:28

Quarta-feira, 24.07.13

Governo André põe freio na especulação imobiliária de Búzios

Nunca antes na história deste município tivemos os secretários de planejamento e de meio ambiente irmanados na luta contra a especulação imobiliária em Búzios. A secretária de planejamento Alice Passeri, no debate de ontem promovido pelo MP de Cabo Frio, deixou claro que os parâmetros edilícios utilizados para a concessão de licenças de obras são os previstos no nosso Plano Diretor e Lei do Uso e Ocupação do Solo (LUOS), leis aprovadas com ampla participação popular nas quais ficou claro que a população de Búzios lutaria para que a Cidade se transformasse em "cidade-referência da preservação do meio ambiente" (artigo 14 do Plano Diretor). Para concretizar esse objetivo nossas leis urbanísticas deveriam restringir ao máximo possível a densidade da ocupação urbana e as taxas de ocupação do solo. É o que a secretária está fazendo.  

Os especuladores imobiliários, tanto os representantes da pequena especulação dos "pombais" quanto da alta especulação, sofreram duro golpe no novo governo de Dr. André. Como raposas, ansiosas por comerem os ovos que ainda restam da nossa galinha dos ovos de ouro, passaram a rondar a Câmara de Vereadores em busca de apoio para que os vereadores pressionem o prefeito no sentido da demissão dos dois secretários. É preciso que o povo de Búzios fique atento e fortaleça politicamente os secretários- Alice e Muniz- e, consequentemente, o governo de Dr. André. Se preciso, indo pras ruas. O Futuro da Cidade pode depender disso! 

Arquiteto Humberto Alves, em pé, e a secretária de planejamento Alice Passeri, de blusa branca

Comentários no Facebook:



  • Monica Werkhauser fazia anos que nossa prefeitura não tinha pessoas tão técnicas e capazes perante estas duas secretárias que são da maior importância para um Búzios meklhor
  • Robson Almeida Excelente, isso é sinônimo de capacidade técnica, honestidade e vontade política. Parabéns..!!
  • Monica Werkhauser ontem no encontro promovido pelo promotor Dr. Murilo Bustamante,deu para reparara que os emprendedores também se utilizam de argumentos totalmente em desacordo com as diretrizes do Plano Diretor.
  • Robson Almeida Quando há pessoas capacitadas tecnicamente fica difícil vencê-las com argumentos, quando há pessoas honestas fica difícil vencê-las com propinas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 10:12


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031