Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios


Segunda-feira, 19.12.11

Não reeleja vereador como esse!


Discurso proferido pelo vereador Messias na Audiência Pública da Comissão de Orçamento da Câmara de vereadores de Búzios no dia 15/12/2011.

Quer dizer, vereador, que o "sistema" autoriza o prefeito a "contemplar" parentes com cargos no governo. Não existe, desde 2008, uma súmula vinculante (nº 13) do STF que veda a prática do nepotismo nos três poderes? O senhor como vereador deveria saber disso. E como vereador de verdade deveria defender os postulados republicanos da igualdade, da impessoalidade, da moralidade e da eficiência, consagrados no artigo 37 da Constituição Federal e no artigo 103 da nossa Lei Orgânica Municipal. Constituições que o senhor prometeu respeitar no ato de sua posse. Lembra-se!

O "sistema" também "contempla" os amigos do grupo político do prefeito com cartas-convite? Não são sempre os mesmos que ganham as cartas? Tem vereador do grupo político ganhando também, através de laranjas?

E os aluguéis? O "sistema" também contempla os amigos do grupo político do prefeito e dos vereadores com aluguéis? Os valores deles estão quase sempre acima dos de mercado?

E as terceirizações? Os amigos estão todos contemplados pelo "sistema"? Têm vereadores amigos  contemplados também?

Vereador, o senhor está enganado. Não é o "sistema" que "contempla". O que "contempla" estes atos todos é a falta de decência com o que é efetivamente público. Indecência que o senhor revelou em toda sua inteireza com o seu discurso cínico. Uma lástima (o senhor como vereador e o governo que defende)!

Comentários no Búzios Clipping:



1 Ter, 20 de Dezembro de 2011 08:11

Ari Lima

Chama a atenção o modo cuidadoso como o 'ilustre' vereador escolhe os termos da declaração, como que a tentar dar um ar de legitimidade as barbaridades ditas. Ele vem evoluindo nesta linha de raciocínio: há muito tempo ele usa o termo "prática política' ou "prática na política" para justificar as escorregadelas éticas e morais dele e dos seus pares.
Essa turba está à cada dia mais abusada e mais tranquila não só nos atos como nas palavras, incentivados que são pela inação do Ministério Público e pela incompetência, desleixo, desinteresse e morosidade da justiça.

Comentários no Facebook:


Monica Werkhauser que discurso horrivel do Messias,despreparado,este discurso representa o atrazo politico, temo que melhorar est camara de veradores, ninguem aguenta mais
20 de Dezembro às 17:20 ·


  • Camila Viana E prova o destempero com que ele conduz as falas. Arrogância no mais elevado grau.
  • Autoria e outros dados (tags, etc)

    por ipbuzios às 23:19


    Mais sobre mim

    foto do autor


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Pesquisar no Blog  

    calendário

    Março 2020

    D S T Q Q S S
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031