Política, Sociedade, Educação, Búzios, meio ambiente, Região dos Lagos

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://ipbuzios.blogs.sapo.pt

Espaço de discussão dos acontecimentos políticos de Armação dos Búzios


Quarta-feira, 31.08.11

Um poder rebaixado


Que câmara de vereadores é essa que abre mão do seu direito de investigar? Que câmara de vereadores é essa que vota contra um requerimento da sua própria mesa diretora pedindo informações sobre a construção de um condomínio em desacordo com o que estabelece o Plano Diretor da cidade? Que câmara de vereadores é essa que abre mão de seu poder tornando-se títere do Executivo?


Na sessão de ontem os quatro vereadores da base (a vereadora Joice faltou) de sustentação do desgoverno municipal revelaram, ao vivo e a cores pela TV legislativa, quem são os dignos representantes da especulação imobiliária de Búzios. Alinhados com o governo e o secretário da especulação, nem ao menos deram importância a que as leis que eles mesmos criaram tenham sido rasgadas em prol do lucro fácil da incorporadora imobiliária que constrói o condomínio. Os argumentos usados para justificar o voto contrário ao requerimento são tão frágeis que denotam que os interesses em jogo são bem outros.


O vereador Messias volta com a cantilena de que vota contra porque os requerimentos são políticos. Ora, numa casa política, esperar o quê? Mas também esperar o que de um vereador que votou na Lei 17 sem ler, a pedido do pequeno especulador imobiliário Alexandre Martins, então vereador e hoje vice-prefeito da cidade. Bem sintomático, não? Sua frase “no mais tudo bem?” ficou famosa. Esperar o que de um vereador que tem o cinismo de dizer que o prefeito está correto em chamar os amigos por carta-convite. Mais pragmático que o rei, ainda reforça o posicionamento com a pergunta: queriam que ele convidasse os inimigos?


O vereador Felipe Lopes em sua argumentação contra a aprovação do requerimento disse que anteriormente fora usado, o que não aconteceria agora. Vereador usado? A troco de quê? Foi usado quando votou pela revogação da lei 20? Ou foi usado quando nada fez em relação à construção do condomínio em frente ao shopping 5000, obra realizada pela empreiteira do irmão do prefeito, com base na lei que ajudou a revogar? O secretário prometeu embargá-la, não foi? A obra, vereador, está lá prontinha, como um troféu à sua omissão.


Do vereador Leandro não se poderia esperar outra coisa mesmo tal é o seu alinhamento com o chefe do gabinete de planejamento. É o representante da especulação imobiliária assumido. Melhor que os outros, que tentam disfarçar.


O vereador  Lorram, carente de argumentos, desqualifica o denunciante- o jornal O Perú Molhado- com um discurso digno da reacionária TFP (Tradição, Família e Propriedade),  e esquece o principal, a denúncia. Perdido, chega a falar em complô para derrubar o secretário de planejamento. Ora bolas, vereador, não é mais fácil o secretário derrubar o prefeito?


O que precisa ficar claro é que todos os governos que tivemos até hoje foram governos da especulação imobiliária, porque ela é uma grande financiadora de campanhas eleitorais na cidade. Búzios não teve até hoje um secretário de planejamento que a especulação imobiliária não quisesse. Grandes proprietários de terras e grandes construtoras financiam campanhas para o executivo, todos sabem. Para o legislativo também, não é vereadores?




Observação: elogiáveis os discursos do vereador-presidente João de Mello Carrilho e Valmir Nobre. O discurso do primeiro deveria entrar para os anais da história do legislativo buziano. 



Comentários:





Flor disse...

Pode até ser que as empreiteiras e especuladores financiem as campanhas, mas que as licitações financiam todo o resto também é óbvio.
Para que os vereadores mostrassem um pouco de dignidade deveriam fazer sua função. Li e reli a cartilha (precisa cartilha para saber o que um vereador faz) que eles obviamente não leram, e diz bem claro que tudo que estiver errado no município é culpa deles. Eles recebem esse salarião (comparado com os 50% de buzianos que não ganham um salário)para controlar os gastos do prefeito. Assim se há roubalheira eles são culpados. João, Nobre e Genilson, vocês deveriam aproveitar a oportunidade e mostrarem que são boa gente e desarticularem tudo isso. Está na mão de vcs. O discurso é bonito, mas agora precisamos de atos. Por favor façam sua parte. Nós, a população quer acreditar, quer confiar, não quer ouvir que é assim mesmo. Precisamos crescer, amadurecer, ser honesto e principalmente ter onde trabalhar. Com a roubalheira e falta de investimento, nunca teremos onde trabalhar.




Autoria e outros dados (tags, etc)

por ipbuzios às 14:33


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Posts mais comentados